Como evitar o desperdício de água com Aprendizagem de Máquina

Foto: Fluence Corporation

Diversas situações podem gerar desperdícios na indústria. Máquinas com defeito, excesso de produção, falhas no estoque, logística e até ociosidade em maquinário podem levar uma  indústria a gastar mais do que deveria no seu processo produtivo. A redução de desperdício pode aumentar a produtividade de uma indústria, deixando-a mais eficiênte e competitiva.

Hoje, cerca de 2,3 milhões de litros de água são utilizados a cada segundo por indústrias apenas no Brasil. Alguns processos industriais como tingimento, mineração, impressão e resfriamento de máquinas precisam de grandes quantidades de água e de forma contínua. Na indústria de bebidas, chega-se a gastar cerca até 5 litros de água para fabricar 1 litro de cerveja. A água na indústria pode ser utilizada também em cortes precisos, em reações químicas, na extração de substâncias, lavagem de produtos e equipamentos e etc. Essa grande dependência de água no processo produtivo deve aumentar cerca de 400% até 2050 segundo a Confederação Nacional da Indústria.

No Brasil, a cada 100 litros de água captados, quase 40 litros são perdidos já na distribuição segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). Grande parte do problema de desperdício de água são os vazamentos e métodos antiquados de manuseio de água. No setor industrial, estima-se que é possível reduzir até  90% do consumo de água e até mesmo 50% da agricultura. A melhor forma de combater o desperdício é a prevenção! Ou seja, mais uma vez, a aprendizagem de máquina entra em cena, agora para predizer vazamentos e gastos desnecessários.

O Instituto SENAI de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação (ISI-TICs) em parceria com a empresa sorocabense SEIP-7, desenvolveu uma plataforma chamada SWAN (Smart Water Network) capaz acompanhar o consumo de água de diversas unidades (indústrias, condomínios, comércio, universidades, concessionárias de água, etc.). Através de dispositivos de Internet das Coisas (IOT) e aprendizagem de máquina, a plataforma aprende padrões de consumo, o que a torna capaz de detectar se esxiste alguma alteração no abastecimento de água.

Detectar vazamentos é a primeira etapa para evitar o desperdício de água na indústria. A aprendizagem de máquina e dispositívos de IOT podem ir bem mais além, otimizando processos que utilizam demasiadamente água para que seja possível evitar o desperdício não apenas na distribuição de água.

 

Deixe uma resposta