Segurança do Trabalho, Inteligencia Artificial e Internet das Coisas!

Foto: SafeRack

De acordo com o ministério do trabalho, apenas em 2017, foram registrados 675.025 acidentes de trabalho no Brasil. Além de gerar muitos prejuízos a empresas e indústrias que perdem, temporariamente ou não, funcionários acidentados, acidentes de trabalho geram muitos gastos para o governo. Além de causar acidentes, geram mortes. Segundo estudo feito pelo ministério público do trabalho, em 2017 2.351 trabalhadores morreram em situação de trabalho, esse número corresponde a uma morte a cada 4 horas.

Segundo dados do observatório digital, a previdência social gastou entre 2012 e 2017 mais de 26 milhões com o pagamento de auxílios, aposentadorias e pensões por morte. Sendo assim, prevenir acidentes de trabalho, além de poupar vidas e melhorar a segurança e qualidade do trabalho, geram gastos e passa a ser de interesse de todos:trabalhadores, empresas, indústrias e até mesmo do governo.

A prevenção de acidentes exige monitoramento, não apenas em medições e análises periódicas, mas em tempo real de execução do trabalho. Para tal, faz-se necessário investir em tecnologias de sensoriamento que possuam conectividade, tais como os sensores da Internet das Coisas (IoT), e que sejam analisadas constantemente. A IoT possui uma grande capacidade de promover o monitoramento do ambiente de trabalho em tempo real, não deixando-o limitado apenas a medições pontuais feitas manualmente por inspeções rotineiras. Tal capacidade, pode ser muito útil na tomada de decisões críticas, tais como: interromper algum trabalhador exposto a barulho excessivo, vazamento de substâncias perigosas, análises de ruídos para detecção de falhas em máquinas que podem gerar acidentes e etc.

Tomadas de decisão a partir de dados de sensores e câmeras de monitoramento para prevenção de acidentes em tempo real são possíveis através de Inteligência Artificial (IA). Investimentos no processamento de imagens, reconhecimento de padrões em dados e aprendizagem de máquina, podem fazer com que se reduzam acidentes. Através da prevenção ou até mesmo da detecção de situações críticas, aumenta-se a capacidade reativa durante algum acidente, evitando mortes e novos acidentes.

Apesar de parecer muito inovador, algumas iniciativas já estão sendo aplicadas envolvendo IoT e IA na prevenção de acidentes de trabalhos. Uma startup chamadas Robbiot criou uma plataforma para capturar dados para o setor de mineração e prevenir acidentes utilizando IoT e IA. A mineração é uma área crítica que necessita de monitoramento constantemente. Uma ferramenta desse tipo auxilia responsáveis pela segurança do trabalho na tomada de decisão e na prevenção de acidentes.

Deixe uma resposta