Inteligência Artificial Inclusiva para Deficientes Visuais

Fonte: Orcam

Diversas atividades que até bem pouco tempo eram impensáveis para pessoas com alguma deficiência passam a ser possíveis através do uso de inteligência artificial (IA) . Neste post, vamos abordar como a IA pode auxiliar deficientes visuais em tarefas do cotidiano, tais como: pagar contas, fazer compras e até mesmo ler, provendo mais autonomia através de tecnologias assistivas.

O Brasil possui 45,6 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência. Desse montante, 6,5 milhões possuem algum tipo de problema visual segundo dados do IBGE, sendo considerada a deficiência mais comum entre os brasileiros. A mobilidade é tida como um dos maiores problemas para pessoas que sofrem com esse tipo de deficiência. Apesar de algumas iniciativas do governo de tentar incluir o deficiente visual no mercado de trabalho, pouca coisa é feita para de fato incluir pessoas com deficiência com qualidade a fim de aproveitar toda capacidade produtiva.

Recentemente, uma biblioteca em São Paulo chamada Unibes Cultural passou a estar equipada com óculos capazes de captar imagens e transformar textos em áudio sem usar o sistema de leitura para cegos Braile. Além de possibilitar a leitura de livros, pode ser usado para leitura de qualquer tipo de texto, como: placas, cardápios, telas de equipamentos eletrônicos e qualquer coisa que contenha textos em frações de segundo.

Trata-se de um óculos chamado OrCam MyEye que, através de algoritmos de IA e uma câmera instalada na parte frontal, que fotografa, escaneia e processa imagens, é possível transformar textos em áudios que foram capturados. Inicialmente, o projeto foi desenvolvido em 1999 para auxiliar na prevenção de acidentes automobilísticos pelos mesmos criadores da startup chamada Mobileye que foi recentemente comprada pela Intel, e aperfeiçoado para processamento de textos em 2010 até a evolução e criação desse óculos inteligente.

Além de promover inclusão e facilitar em tarefas do cotidiano, o uso de óculos inteligentes pode deficientes visuais pode aumentar a inclusão no mercado de trabalho, fazendo com que os mesmo ocupem funções importantes e decisivas em indústrias e empresas. Barreiras e impedimentos que podem ser gerados pela deficiência podem ser superados com o uso de tecnologia.

Deixe uma resposta