O conceito de Digital Twin para a Indústria 4.0

Foto: Siemens

Segundo o documento Industry 4.0 and the digital twin, da Deloitte University Press, o conceito de Digital Twin pode ser definido como uma evolução do perfil digital, histórico e atual comportamento de um objeto físico ou processo que ajuda otimizar o desempenho dos negócios. Dessa forma, a aplicação do conceito na Indústria 4.0, ou manufatura avançada, pode criar diferentes perfis de evolução dos objetos e fornecer diferentes informações sobre sistemas, ocasionando em tomadas de decisões baseadas no monitoramento inteligente.

Como base da manufatura avançada, a Internet Industrial das Coisas (IIoT) é definida como uma das tecnologias base para o processo de digitalização da indústria. Nesse contexto, o conceito de digital twin pode ser utilizado na combinação dos dados digitais e operação de ativos e processos para melhora das atuais e futuras etapas do processo industrial. A consequência da digitalização, e definição do digital twin, são melhorias na produção, redução de custos e criação de novos modelos de negócio.

A ponte de ligação entre o mundo físico e o virtual, criação do digital twin, pode ser realizada de diferentes maneiras, visto que a Industria inteligente conta com uma série de tecnologias emergentes como a Internet das Coisas, big data, analytics, cloud e softwares de simulação (CAD).  No contexto do monitoramento de máquinas, produtos e funcionários conectados dentro de um fabrica, IoT e big data analytics são as tecnologias digitais mais combinadas para a criação do twin.

Deixe uma resposta