Plano Nacional da Internet das Coisas: o investimento em semicondutores

Foto: TechInBrazil

De acordo com sua missão de promover o desenvolvimento sustentável e competitivo da economia brasileira, o BNDES, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) apoiou um estudo para o diagnóstico e a proposição de plano de ação estratégico para o país em Internet das Coisas (Internet of Things – IoT). Como um dos objetivos estratégicos do plano, está o investimento em centros de desenvolvimento de semicondutores, voltados a IoT e smartphones.

Como divulgado recentemente, empresas como Qualcomm, USI e Unitec semicondutores estão recebendo investimentos e incentivos para iniciar projetos e operações de suas fábricas no interior de São Paulo. Além do estabelecimento das fábricas, parcerias com universidades objetivando a discussão e implantação de soluções de cidades inteligentes, outra vertical que o estudo do BNDES aponta como prioritária em IoT no Brasil, serão desenvolvidas.

No caso da Qualcomm no Brasil, o foco principal da empresa é a produção de semicondutores que serão instalados em smartphones e dispositivos embarcados da IoT. A partir da produção nacional, a montagem de produtos e dispositivos conectados nacionais tenderá a aumentar, tornando diversos setores da economia mais inteligentes.

Confira neste link mais detalhes sobre o estudo do BNDES. Alguns outros detalhes da instalação da Qualcomm no Brasil pode ser acessada aqui.

Deixe uma resposta