Big Data na Logística

Foto: Logistic Xperts

Milhares de dados de diversas naturezas são criados por empresas de todo o mundo a todo tempo. Notas fiscais, compras, estoque, vendas e até mesmo informações provenientes de redes sociais e sites de reclamação são geradas de forma contínua. Armazenar e analisar esse imenso volume de dados e identificar os que realmente importam e impactam o negócio no dia a dia é uma tarefa árdua se não for feita com inteligência.

Essa é a missão do Big Data, conseguir transformar dados brutos e não estruturados em informações úteis que de fato auxiliem no processo de tomada de decisão. A partir disso, é possível: identificar a causa raiz de um problema em pouco tempo, entender os hábitos e anseios de clientesreduzir custosaumentar a eficiência e etc.

Na operação logística, a todo tempo, busca-se reduzir custos, aumentar a eficiência e, de maneira geral, sempre ter mais domínio dos dados. O processo de comprar mercadorias, estocar, vender e entregar geram diversos dados que são importantíssimos para a tomada de decisão em operações futuras.

A análise de dados de entregas passadas pode definir a sequência ideal de novas rotas afim de otimizar o tempo, economizar combustível e o aumentar o número de entregas realizadas com sucesso. Outro grande problema que pode ser minimizado é a falta de produtos em estoque. Ter sempre disponível um produto na quantidade desejada sempre que solicitado envolve várias variáveis que podem ser bem diferentes de acordo com o mês do ano. A previsão de demanda através de Big Data faz com que a empresa compre o necessário, evitando faltas e excessos no estoque pode podem gerar perdas e avarias.

Portanto, a análise de dados com Big Data deve ser um fator decisivo para o sucesso. Ser capaz de antecipar as necessidades de clientes, e ao mesmo tempo fornecer boas experiências com baixo custo, aumenta a fidelidade e a competitividade de operadores logísticos. Desde a compra e estocagem até a entrega final, diversos fatores que geram muitos dados estão relacionados e podem auxiliar muito na tomada de decisão.

Veja cases de sucesso com Big Data aqui

Deixe uma resposta