Aplicação de IoT nas empresas e as diferenças das soluções atuais

Foto: IPNews

Inserida no contexto de transformação digital das empresas, a Internet das Coisas tem como seus cases de maior sucesso na indústria a conexão entre produtos e elementos mecânicos isolados, tornando assim tanto a cadeia de produção, quanto o produto final em uma ferramenta de coleta de dados. Diferente de um processo de telemetria convencional, o monitoramento com as ferramentas de IoT possuem um menor custo de implementação e maior agilidade.

As diferenças entreas soluções atuais e as disponíveis há 20 anos atrás não envolvem apenas o uso de uma nova tecnologia de comunicação, como exemplo uma LPWAN no lugar de um tradicional rede celular. A maior capacidade de conexão, devido a redução de custos dos dispositivos, resulta em novas ferramentas capazes de processar e analisar os dados, surgindo assim o armazenamento na cloud e análise das informações.

Aplicando as novas tendências na indústria, seria possível realizar campanhas de recall em produtos que possuam algum monitoramento remoto a partir de uma tecnologia de IoT. Além do monitoramento pós cadeia de produção, a aplicação do monitoramento e acompanhamento das etapas da fabricação pode reduzir riscos e custos.

Em resumo, aplicando IoT na indústria tem-se a chamada Indústria Inteligente, otimizando os recursos e minimizando riscos, e o produto inteligente, capaz de fornecer informações sobre seu desempenho. A criação de novos modelos de negócio torna-se uma consequência direta da digitalização.

Deixe uma resposta